Vaticano 2006 2€ Guarda Suíça

VAT 2006 - 01

Novo produto

Moeda comemorativa de 2 Euro dedicada ao 5º centenário da Guarda Suíça Pontifícia .

A moeda apresenta um guarda suíço a prestar juramento de lealdade ao Papa.

Acabamento BU.

Mais detalhes

Aviso: Últimos itens disponíveis!

250,00 €

Ficha informativa

Ano 2006
Valor facial 2 euro
Metal Cu/Ni
Peso 8,5 g
Diâmetro 25,75 mm
Acabamento BNC - Brilhante Não Circulado
Tiragem 100.000
Autor Orietta Rossi

Mais informação

A moeda apresenta um guarda suíço a prestar juramento de lealdade ao Papa. A inscrição “GUARDIA SVIZZERA PONTIFICIA” forma um semicírculo em torno do guarda. Abaixo da bandeira, figura o nome do Estado emissor (CITTÀ DEL VATICANO). Do lado esquerdo, acima da assinatura do gravador (O. ROSSI) e ao longo do mastro da bandeira, encontra-se inscrito o ano de 1506. Do lado direito, acima do símbolo da casa da moeda (R), surge o ano de emissão (2006). A coroa circular externa exibe as 12 estrelas da União Europeia.

O dia 22 de janeiro de 1506 marca a data oficial do nascimento da Guarda Suíça Pontifícia. Naquele dia, um grupo de 150 soldados suíços atravessou o portão Porta del Popolo e entrou no Vaticano pela primeira vez.

A moeda comemorativa retrata a cerimónia solene de tomada de posse que ocorre todos os anos para novos recrutas, a 6 de maio. Esta data histórica da Guarda Suíça está intimamente ligada à história da Igreja: a 6 de maio de 1527, 147 dos guardas foram mortos durante o saque de Roma. É uma cerimónia solene e memorável em que todos os guardas vestem o uniforme de gala; desde o capitão até ao mais novo alabardeiro. O capelão da Guarda lê o texto integral do juramento de lealdade: "Juro que servirei fiel, leal e honradamente o Sumo Pontífice Bento XVI e os seus legítimos Sucessores, e também os servirei com todas as minhas forças, sacrificando a minha vida, se necessário, para defendê-los. Assumo este mesmo compromisso em relação ao Sacro Colégio de Cardeais mesmo que a Sé esteja vaga. Além disso, prometo ao Comandante e aos meus outros superiores, respeito, fidelidade e obediência. Isso eu juro! Que Deus e os nossos Santos Patronos me ajudem!".

Os Santos Padroeiros da Guarda Suíça e os seus dias festivos são:
São Martinho - 11 de novembro;
São Sebastião - 20 de janeiro;
São Nicolau de Flue, "Defensor Pacis et pater patriae" - 25 de setembro.

Os novos recrutas são então chamados pelo nome, um por um, avançam e colocam a sua mão esquerda na bandeira da Guarda e levantando o seu braço direito com três dedos abertos, como símbolo da Trindade, fazem o juramento.